Se entendermos que existe uma parte do Todo dentro de cada um de nós, portanto nós somos o Todo (Criador), iremos parar de confrontar o ego com a essência (self). Pararemos de cair na armadilha de achar que somos a nossa percepção da realidade e começaremos a sentir que fazemos parte do divino.

Se somos o divino, por que querer ter o controle sobre algo? Por que nos fecharmos na impressão que temos sobre nós mesmos?

Nós não somos o nosso corpo, pensamentos, emoções ou os papéis que exercemos no mundo (filhos, irmãos, pais, cônjuges, profissão, nome, idade, etc). Essa identificação é completamente equivocada.

Não é necessário eliminar o ego, mas integrá-lo à nossa essência (self), colocá-lo à favor da nossa essência.

Atendimento ao Cliente
Suporte ao cliente
Não fazemos consulta por Whatsapp